in ,

Review Apple Watch Series 4

Desde o lançamento do primeiro modelo, o design do Apple Watch tem se mantido basicamente o mesmo, com uma ou outra melhoria de bateria e performance. Porém agora isso mudou, o Series 4 vem com um design renovado, um aumento do tamanho tela, e sensores totalmente remodelados.

Design

A primeira vista, é muito fácil identificar que se trata de um Apple Watch, pois apesar das mudanças de design, ele mantém toda a identidade visual do produto.

O Series 4 possui uma tela levemente maior, com tamanhos que variam entre 40mm e 44mm contra os 38mm e 42mm dos Series 1, 2 e 3. A tela OLED agora com conta com um acabamento arredondado diferente dos antigos modelos que tinham a tela com as laterais retas, possibilitando assim um ganho expressivo de aproximadamente 30% de tela útil. Ainda mantendo as funcionalidades que já estamos acostumados, o Force Touch e um brilho de tela de 1000 nits.

Mas onde a mudança estética fica realmente perceptível é na parte traseira. Ela foi totalmente reformulada, agora é feita totalmente de cerâmica. O que deve amenizar o problema de desgaste comum nos modelos de alumínio, que em contato com o corpo, faz com que o produto descasque com o tempo.

Todo esse redesign da parte traseira aconteceu por conta dos novos sensores, o novo Watch agora possui um sensor cardíaco óptico reformulado e um novo sensor cardíaco elétrico, que possibilita agora que o Apple Watch faça um eletrocardiograma. Que por questões legais está com essa função liberada apenas em modelos comprados no Estados Unidos.

Tudo isso em um corpo ainda mais fino, agora com apenas 10,4 mm de espessura, porém ainda compatível com todas as pulseiras das versão anteriores.

Performance

Falando em performance, o Series 4 realmente impressiona nesse requisito, equipado com o novo chip S4, ficou duas vezes mais rápido que seu antecessor.

Tudo nele esta mais fluido e rápido, como um poder de processamento digno de um smartphone, bem diferente do primeiro modelo, apelidado de Series 0, que tinha um desempenho bem ruim para algumas tarefas.

Bateria

Com relacão a bateria a apple promete as mesmas 18 horas de duração do series 3 em um uso normal.

No dia a dia a duração da bateria até me impressionou, a bateria dura em torno de 2 dias, com meu uso normal, afinal ele é um relógio e uso ele como tal, e não como um iPhone por exemplo onde eu faço um uso mais intenso. Um salto enorme em relação ao meu Series 0 que a bateria dificilmente chega ao final do dia. Uma comparação um pouco desleal pois meu series 4 é novo e tem poucos dias de uso contra o 0 que tem alguns anos ja me acompanhando diariamente, mas mesmo assim é algo bom de ser comentado.

Sensores

Entre os novos Sensores, está o sensor cardíaco óptico, que já citei anteriormente, mas agora vai uma breve explicação de como funciona o ECG. 

Essa função faz uso de dois sensores um localizado na parte traseira e outro acima da Digital Crown. Ativando a o app de medição, basta posicional o dedo em cima da Digital Crown, assim fechando um circuito, durante 30 segundo. O relógio fará uma medição do seu ritmo cardíaco e detectará possíveis anomalias, podendo assim previnir problemas mais sérios de saúde.

O relógio também conta com sensor cardíaco óptico aprimorado, que faz o monitoramento dos seus batimentos cardíacos de forma mais rápida de precisa. 

Outra nova funcionalidade é o detector de quedas. Graças a uma reformulação do Giroscópio e do Acelerômetro, ele sabe quando vc sofre um queda. Então ele vai mostrar um aviso, caso a pessoa esteja bem, pode ignorar dentro de 60 segundos o aviso, caso isso não aconteça o relógio ligara automaticamente para emergência.

E não para por aí, os sensores estão ficando cada vez mais inteligentes, para os usuários que costumam se exercitar mais regularmente, agora o Apple Watch identifica automaticamente quando o usuário inicia uma caminhada ou uma corrida. Pode ser apenas um detalhe, mas faz toda a diferença não ter que acessar um menu e iniciar o app toda vez que quiser iniciar uma atividade.

Conectividade

No quesito conectividade, não houve muitas novidade, com destaque ao bluetooth que agora é o 5.0 contra o 4.2 do modelo anterior. E assim como o Series 3 possui GPS, WIFI, altímetro , barômetro, e oferece alguns modelos com conexão LTE.

 Mas Será que vale a pena comprar um Apple Watch Series 4?

Sem levar em consideração o preço, o Apple Watch esta cada vez mais independente, principalmente o modelo com LTE, mas ainda tem muitas coisas que depende de um iPhone para funcionar.

Por tanto, se vc usa Android eu não recomendo a compra. Caso você já tenha um Apple Watch Series 0 ou 1, como foi o meu caso, a troca pelo series 4 é mais que recomendada, mas se tiver o Series 2 ou 3, não será um upgrade tão grande, já que esses modelos são extremamente competentes em suas funções.

Apesar de usar o Apple Watch diariamente a anos, e adorar suas funcionalidades, tenho que admitir que ele ainda não é indispensável no dia a dia como um iPhone ou outro smartphone é. Mas sem dúvida é uma excelente compra e está muito a frente de todos os outros smartwatchs do mercado. 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 Comentários

Dropbox altera configuração das contas gratuitas

Review Fizzics WayTap: deixa cerveja com sabor de chopp.