in

Apple apresenta novos MacBooks e Mac mini com processador M1 proprietário.

Como já era esperado a Apple apresentou ao mundo o seu primeiro chip com tecnologia ARM para os Macs. Além disso, revelou as primeiras máquinas que chegarão ao mercado equipadas com o novo chip.

Processado M1

O novo processador chega ao mercado com o codinome Apple M1 e unifica CPU, GPU, RAM, Secure Enclave, entre outros em uma só estrutura. O chip é fabricado com uma arquitetura de 5 nanômetros, que resulta em mais de 16 bilhões de transistores.

O M1 é formado por oito núcleos da CPU, sendo 4 núcleos de performance e 4 núcleos de eficiência. Já a GPU chega com oito núcleos com capacidade de 2,6 teraflops de performance, resultando em 11 trilhões de operações por segundo, segundo a Apple. Isso tudo consumindo 25% do consumo normal de energia em PCs equivalentes.

MacBook Air com M1

O laptop mais popular da Apple, o MacBook Air, foi o primeiro a receber os novos processadores que prometem revolucionar o mercado.

Ele chega ao mercado já equipado com o chip M1, que segundo a empresa, proporcionam 3,5x mais performance e gráficos 5x superiores que a versão anterior. Entre os exemplo citados, o novo MacBook Air alcança taxas bem maiores em jogos e também consegue fazer edições em streams simultâneos de ProRes 4K. Tudo isso, em um design sem ventoinhas e muito mais silencioso.

Outro destaque da nova máquina é câmera FaceTime, que chega com um processamento de imagem melhorado, ainda que a captação seja apenas 720p.

Mas os ganhos realmente expressivos ficaram no desempenho da baterias. Agora o é possível navegar na web via Wi-Fi por 15 horas, e assistir até 18 horas de vídeos com apenas uma carga da bateria.

Além disso temos a tradicional qualidade da Tela Retina, o Touch ID, o “novo” teclado tesoura, 2 portas Thunderbolt 3 e entrada para fones de ouvido. O novo Macbook Air também é compatível com o novo Wi-Fi 6 (802.11ax).

MacBook Pro 13″ com M1

O único Macbook da linha Pro da Apple a receber o novo chip M1 foi o modelo de 13 polegadas. Assim como o Air, o novo Macbook Pro também apresenta ganhos expressivos em relação à sua geração anterior.

Segundo a empresa, o Macbook Pro equipado com o chip M1 tem uma performance 2,8x melhor e gráficos 5x mais rápidos. Além disso a Apple afirmou que ele é pelo menos 3x mais rápido que PCs da mesma categoria.

Com relação a bateria, temos outro salto impressionante. O Macbook Pro 13 é agora o laptop da marca com maior duração de bateria já lançado, podendo atingir 17 horas de navegação na internet e 20 horas de reprodução de vídeo.

O restante se mantém semelhante ao modelo anterior, ele vem com uma Tela Retina, Touch ID, o Magic Keyboard, 2 portas Thunderbolt e entrada para fones de ouvido. O novo Macbook Pro também é compatível com o novo Wi-Fi 6 (802.11ax).

Mac mini com M1

O Mac mini foi o único desktop a receber o novo chip M1 até o momento. O novo processador garante à pequena máquina uma performance 3x melhor, com gráficos até 6x mais rápidos que a geração anterior. Apesar do seu tamanho reduzido, é possível conecta-lo ao Pro Display XDR com resolução 6K.

Com relação as entradas ele mantém as 2 portas Thunderbolt 3, 2 portas USB-A, uma HDMI 2.0, uma entrada Ethernet e a entrada para fones de ouvido. O novo Mac mini com M1 também é compatível com o novo Wi-Fi 6 (802.11ax).

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Baby Shark agora é o vídeo mais assistido do Youtube da história.

A New Power Awakens: Parte 2 chega esse mês a Dragon Ball Z: Kakarot.