in

Apple anuncia o macOS Big Sur, o passo definitivo para unificação de suas plataformas.

Durante a WWDC 2020, a Apple anunciou a próxima geração do seu sistema operacional, o Big Sur.

Em busca de aproximar cada vez mais o macOS do iOS, o Big Sur, sem dúvida é o maior passo dado pela empresa nessa unificação.

O primeiro impacto que temos ao ver o novo sistema operacional é o seu design claramente inspirado no iOS/iPadOS. Ele ganhou uma repaginada desde os ícones dos aplicativos que agora tem o mesmo formato quadrado com cantos arredondados do iOS, até elementos da interface, com botões que agora tem uma aparência mais suave herdada do iPadOS.

Outra novidade é a nova central de controle que também ficou mais parecida com a do iOS. Ela abriga grande parte das funções do sistema, podendo ser customizada pelo o usuário e até mesmo ter funções arrastadas diretamente para a barra superior do macOS.

Os widgets para mac também estão de volta, seguindo a mesma linguagem de design do iOS. Além do novo visual a barra lateral ficou também mais inteligente e customizável e pode receber widgets criados por desenvolvedores terceiros.

O Safari também recebeu novidades bem interessantes. Como maior foco na privacidade dos usuários, o navegador recebeu um novo botão que mostra todos os trackers que estão sendo executados durante a navegação das páginas. Ou seja, o usuário saberá que informando estão sendo capturadas na página.

Outra novidade bem interessante é que agora o Safare será capaz de traduzir páginas da Web em sete idiomas diferentes nativamente com um apertar de um botão.

E possivelmente a novidade mais aguardada entre os usuários, o novo Safare também terá compatibilidade com extensões para o navegador. Além disso será permitido que o usuários escolha como elas vão funcionar e em qual página serão permitidas cada uma das extensões.

Essas são apenas algumas novidade no novo macOS Big Sur. E para finalizar em grande estilo, a Apple finalmente deu adeus ao macOS X, dando lugar ao macOS 11.0 sendo do primeiro sistema a suportar a nova arquitetura ARM.

Confira a lista e Macs compatíveis com o Big Sur:

  • MacBook (2015 ou mais recente)
  • MacBook Air (2013 ou mais recente)
  • MacBook Pro (fim de 2013 ou mais recente)
  • Mac mini (2014 ou mais recente)
  • iMac (2014 ou mais recente)
  • iMac Pro (2017 ou mais recente)
  • Mac Pro (2013 ou mais recente)

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Apple anuncia troca de processadores da Intel por chips de fabricação própria em sua linha de Macs. Entenda.

Tony Hawk’s Pro Skater 1 e 2 ganha novos skatistas, novo trailer e data de lançamento da demo. Assista.